Novo modelo de julgamento após a morte de Derouet.

  • Referência
    «O Crime de Mirandela», Diário de Notícias (New Bedford), de 2 de abril de 1928, p.4.
Assunto

Novo modelo de julgamento, em conselho de guerra, decretado após o atentado a Luís Derouet.

Ficha

«Porto, março 13. – Começaram hoje no Porto os julgamentos em conselho de guerra e em processo sumário, segundo o decreto 14.587, de 17 de novembro de 1927.
Esta nova fórmula de processo foi decretada depois do atentado que vitimou o malogrado jornalista e diretor da Imprensa Nacional, Sr. Luís Derouet; e, visto ser o primeiro julgamento a efetuar nesta cidade, chamou farta concorrência ao antigo quartel das Taipas, onde está instalado o Tribunal Militar Territorial. […]»