Concessão da cantina.

  • Referência
    «A cantina deve ser inaugurada brevemente», A Imprensa. Boletim mensal da Associação de Classe do Pessoal da Imprensa Nacional, n.º 1, março de 1915, 1.º ano, pp. 1-2.
Assunto

Concessão e perspetiva de inauguração da cantina da Imprensa Nacional.

Ficha

«Afinal sempre foi arrematada a exploração de uma Cantina dentro da Imprensa. Tendo ficado deserto o primeiro concurso, e alteradas depois as suas bases, ao segundo convite apareceu um concorrente, Sr. Filadélfia, que se propõe corresponder aos fins utilitários que a Cantina deve ter em vista. Sabemos que vão ser feitas algumas pequenas instalações para o bom funcionamento desta inovação. Se da Cantina resultará para o pessoal a melhoria que foi a base da iniciativa, se da sua prática resultados satisfatórios se tirarão, eis o que só nos pode indicar o tempo […]
Em boa lógica, a arrematação da Cantina devia pertencer ao próprio pessoal. Não nos parece necessário insistir demasiado neste assunto, que está no ânimo de todos e se nos afigura de incontestável bom senso. […].»