Visita do Ministro da Guerra à Imprensa Nacional.

  • Referência
    «A Imprensa Nacional de Lisboa recebeu a visita do Ministro da Guerra», Diário da Manhã,, de 5 de março de 1946, p. 6.
Assunto

Visita do Ministro da Guerra, Santos Costa, à Imprensa Nacional.

Ficha

«O ministro da Guerra, visitou, ontem de tarde, as instalações da Imprensa Nacional de Lisboa.
A visita teve caráter absolutamente particular, pois o ministro, há muito que desejava conhecer aquele estabelecimento fabril do Estado.
Cerca das 16 horas, o tenente-coronel Santos Costa, acompanhado pelo seu chefe de gabinete, coronel Faro Viana, chegou ao edifício, sendo ali recebido pelo administrador Sr. António Gomes Bebiano.
O ministro percorreu demoradamente as oficinas, as arrecadações e a central elétrica, tendo estado, ainda, no refeitório, na farmácia e no posto clínico.
Durante a visita, que durou cerca de hora e meia, o ministro da Guerra esteve acompanhado pelos Srs. Ernesto Gomes, secretário, Carlos Amoêdo, inspetor das oficinas e Brás Frazão, chefe dos serviços tipográficos.
Em todas as oficinas, o tenente-coronel Santos Costa, interessou-se pelo trabalho dos operários, com os quais trocou algumas palavras.
Os respetivos encarregados elucidaram o ministro acerca do funcionamento das máquinas e dos trabalhos litográficos e tipográficos, os quais apreciou com grande cuidado.
Na biblioteca, o tenente-coronel Santos Costa admirou algumas valiosas e artísticas encadernações que lhe foram apresentadas pelo respetivo encarregado Sr. João Gaspar Simões.
O administrador da Imprensa Nacional, aproveitou a visita do ministro da Guerra para lhe oferecer os dois primeiros volumes da obra de Pedro Nunes, gesto que muito sensibilizou o tenente-coronel Santos Costa.
Antes de se retirar, o ministro assinou o livro de honra dos visitantes e felicitou o Sr. António Gomes Bebiano, pela boa ordem e disposição em que se encontram os serviços.»