Doação de salário por Berta Carvalho.

  • Referência
    [Nota de imprensa] República, de 19 de setembro de 1974.
Assunto

Doação por Berta Carvalho, ao Ministério do Trabalho, do primeiro salário recebido após a sua readmissão na INCM.

Ficha

«Há, entretanto, um caso que merecerá um relevo especial. Trata-se de Berta Fonseca do Carmo Carvalho, que era operária na Imprensa Nacional quando a PIDE a prendeu em 1959. Teve de sair da Imprensa Nacional pelos motivos que se adivinham. Pois foi readmitida agora, em consequência dos dispostos recentes. Que fez, entretanto? Decidiu oferecer ao Ministério do Trabalho, em reconhecimento para com o Movimento das Forças Armadas que “fizeram” o “25 de Abril”, o salário correspondente ao primeiro mês de trabalho no lugar de onde fora expulsa e aonde agora voltou. Grande salário? – 4925$00.»