Referência

Decreto n.º 21322. Autoriza a Imprensa Nacional de Lisboa a ceder à indústria particular algum do trabalho de composição, impressão, brochura e encadernação que lhe está cometido. Diário do Governo, I Série, n.º132, de 7 de junho de 1932.