Detalhes de documento

  • Arquivo
    INCM/Arquivo Histórico da Imprensa Nacional
  • Cota
    498
  • Tipo de documento
    Aviso
  • De:
    Aviso Régio/Luis de Vasconcelos e Sousa
  • Para:
    Director Geral: Domingos Monteiro de Albuquerque e Amaral
Transcrição

«O Principe Regente Nosso Senhor querendo que em todas as Repartições de Sua Real Fazenda não somente haja a rigorosa exacção e arrecadação; que as urgências actuaes, e extraordinárias despesas muito exigem; mas tao bem que em todas se procede com a mais severa e estricta economia: É servido ordenar que a Junta Administrativa, Economica, e Literaria da Impressão Regia remeta imediatamente ao Real Erario a maior porção possivel do dinheiro que existir no seu cofre por conta da consignação do contracto da Fabrica das Cartas. Ordena outro sim Sua Alteza Real que a Junta ponha desde logo em execução a mais estricta e severa economia em todos os ramos da sua Administração, conservando tão somente os oficiais e pessoas que forem absolutamente indispensaveis ao mero entretenimento e conservação, tanto da Impressão como da dita Real Fabrica de Cartas; dando parte por esta secretaria de Estado da fiel execução e exacto cumprimento destas Reaes Ordens, e propondo o mais que para este fim parecer conveniente. O que V. M.ce fará presente na Junta para que assim se execute. (…) Paço em 19 de Novembro de 1807 = Luiz de Vasconcellos e Souza = Snr. Domingos Monteiro de Albuquerque e Amaral.» (pp. 110 v.-111)