1.ª Edição (2015) – Poesia

 

VENCEDOR

história do século vinte
José Gardeazabal
Ver na loja on-line

 

 

(…) é uma obra que se destaca e que há de marcar a poesia do nosso tempo pela sua originalidade, pela sua contundência, pela qualidade, pela novidade. É uma obra que traz um modo novo de fazer poesia.

– Júri do prémio

 

MENÇÃO HONROSA

Fade Out
Alexandre Sarrazola
Ver na loja on-line

 

 

Valoriza, de forma segura mas também inquietante, a dimensão narrativa do poema, misturando alusões culturais (nada óbvias), referência talvez autobiográficas e um jogo dramático que surpreende.

– Júri do prémio

 

2.ª Edição (2016) – Ensaio na área das «Humanidades»

 

VENCEDOR

Uma Aproximação à Estranheza
Frederico Pedreira
Ver na loja on-line

 

 

A estranheza — que pode ocorrer quando deparamos com algumas formas de arte, mas também em situações do quotidiano — é, segundo o autor, uma inquietação metafísica perante a impossibilidade de conhecer verdadeiramente um outro e de nos darmos verdadeiramente a conhecer. Uma espécie de mal necessário, que nos impele a participar ativamente no reconhecimento que fazemos dos outros, e na construção dos vários significados, ainda que provisórios, no momento da interpretação.

 

MENÇÃO HONROSA

Debaixo da nossa pele. Uma Viagem
Joaquim Arena
Ver na loja on-line

 

 

Debaixo da Nossa Pele resulta de uma dupla viagem: a pé, ao longo do curso do rio Sado, numa busca pelos últimos sinais da presença dos descendentes dos escravos negros trazidos para esta região, depois do século XVIII, para o cultivo do arroz. Uma viagem que levará o autor a duas aldeias alentejanas, São Romão e Rio de Moinhos, mas que, ao mesmo tempo, serve de elemento de ignição de uma outra, desta vez no tempo, pela história da presença de africanos em Portugal e na Europa, do século XV ao estabelecimento de imigrantes cabo-verdianos, a partir dos anos 60 do século XX.

 

3.ª Edição (2017) – Tradução (obras no domínio público)

 

VENCEDOR

Rimas de Michelangelo Buonarroti
Trad. de João Pedro do Carmo Rosa Mendes Ferrão
Ver na loja on-line

 

 

Esta edição é uma oportunidade para conhecer a admirável tradução das Rimas de Michelangelo Buonarroti, a primeira em Portugal. Ao longo destas páginas vai descobrir também que o brilho do poeta não se afasta do do pintor e mestre da Renascença.

 

MENÇÃO HONROSA

Rimas de Guido Cavalcanti
Trad. de Ana Filipa Morais Ferreira da Silva Santos
Ver na loja on-line

 

 

Expoente do dolce stil novo, Guido Cavalcanti mantém, ao longo dos séculos, uma influência duradoura na poesia italiana e universal. A. Ferreira da Silva traz-nos, neste volume, a primeira tradução feita em Portugal das Rimas deste poeta-filósofo, amigo pessoal de Dante, que nasceu em Florença há quase oito séculos.

 

4.ª Edição (2018) – Poesia

 

VENCEDOR

Instruções para Uso Posterior ao Naufrágio
José Luíz Tavares
Ver na loja on-line

 

 

Escritor cabo-verdiano e poeta da língua portuguesa, José Luiz Tavares tem sido distinguido com vários prémios literários e os seus poemas encontram-se traduzidos para inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, letão, finlandês, russo, mandarim, neerlandês e galês.

 

MENÇÃO HONROSA
Não atribuída

 

5.ª Edição (2019) – Ensaio na área das «Humanidades»

 

VENCEDOR

Narrativa Vertical. José de Almada Negreiros e o Romance da Modernidade
João Paulo Sousa

Edição brevemente disponível

 

MENÇÃO HONROSA
Não atribuída