1.ª Edição (2015) – Poesia

 

VENCEDOR

história do século vinte
José Gardeazabal
Ver na loja online

 

 

(…) é uma obra que se destaca e que há de marcar a poesia do nosso tempo pela sua originalidade, pela sua contundência, pela qualidade, pela novidade. É uma obra que traz um modo novo de fazer poesia.

– Júri do prémio

 

MENÇÃO HONROSA

Fade Out
Alexandre Sarrazola
Ver na loja online

 

 

Valoriza, de forma segura mas também inquietante, a dimensão narrativa do poema, misturando alusões culturais (nada óbvias), referência talvez autobiográficas e um jogo dramático que surpreende.

– Júri do prémio

 

2.ª Edição (2016) – Ensaio na área das «Humanidades»

 

VENCEDOR

Uma Aproximação à Estranheza
Frederico Pedreira
Ver na loja online

 

 

A estranheza — que pode ocorrer quando deparamos com algumas formas de arte, mas também em situações do quotidiano — é, segundo o autor, uma inquietação metafísica perante a impossibilidade de conhecer verdadeiramente um outro e de nos darmos verdadeiramente a conhecer. Uma espécie de mal necessário, que nos impele a participar ativamente no reconhecimento que fazemos dos outros, e na construção dos vários significados, ainda que provisórios, no momento da interpretação.

 

MENÇÃO HONROSA

Debaixo da nossa pele. Uma Viagem
Joaquim Arena
Ver na loja online

 

 

Debaixo da Nossa Pele resulta de uma dupla viagem: a pé, ao longo do curso do rio Sado, numa busca pelos últimos sinais da presença dos descendentes dos escravos negros trazidos para esta região, depois do século XVIII, para o cultivo do arroz. Uma viagem que levará o autor a duas aldeias alentejanas, São Romão e Rio de Moinhos, mas que, ao mesmo tempo, serve de elemento de ignição de uma outra, desta vez no tempo, pela história da presença de africanos em Portugal e na Europa, do século XV ao estabelecimento de imigrantes cabo-verdianos, a partir dos anos 60 do século XX.

 

3.ª Edição (2017) – Tradução (obras no domínio público)

 

VENCEDOR

Rimas de Michelangelo Buonarroti
Trad. de João Pedro do Carmo Rosa Mendes Ferrão
Ver na loja online

 

 

Esta edição é uma oportunidade para conhecer a admirável tradução das Rimas de Michelangelo Buonarroti, a primeira em Portugal. Ao longo destas páginas vai descobrir também que o brilho do poeta não se afasta do do pintor e mestre da Renascença.

 

MENÇÃO HONROSA

Rimas de Guido Cavalcanti
Trad. de Ana Filipa Morais Ferreira da Silva Santos
Ver na loja online

 

 

Expoente do dolce stil novo, Guido Cavalcanti mantém, ao longo dos séculos, uma influência duradoura na poesia italiana e universal. A. Ferreira da Silva traz-nos, neste volume, a primeira tradução feita em Portugal das Rimas deste poeta-filósofo, amigo pessoal de Dante, que nasceu em Florença há quase oito séculos.

 

4.ª Edição (2018) – Poesia

 

VENCEDOR

Instruções para Uso Posterior ao Naufrágio
José Luíz Tavares
Ver na loja online

 

 

Escritor cabo-verdiano e poeta da língua portuguesa, José Luiz Tavares tem sido distinguido com vários prémios literários e os seus poemas encontram-se traduzidos para inglês, espanhol, francês, alemão, italiano, letão, finlandês, russo, mandarim, neerlandês e galês.

 

MENÇÃO HONROSA
Não atribuída

 

5.ª Edição (2019) – Ensaio na área das «Humanidades»

 

VENCEDOR

Narrativa Vertical. José de Almada Negreiros e o Romance da Modernidade
João Paulo Sousa

 

MENÇÃO HONROSA
Não atribuída